Quinta, 25 Fevereiro 2021 12:00

Caixas-colmeia são entregues aos apicultores pela Desenvolve Roraima Destaque

Avalie este item
(0 votos)
Entrega do primeiro lote de caixas-colmeia garantirá aos apicultores crescimento na produção e comercialização do mel. Entrega do primeiro lote de caixas-colmeia garantirá aos apicultores crescimento na produção e comercialização do mel. Texto: Flávia Almada(Desenvolve Roraima)/Fotos: Fernando Oliveira(Secom-RR)

O governo de Roraima, por meio da Desenvolve Roraima (Agência de Fomento do Estado de Roraima), entregou a primeira remessa de caixas-colmeia aos apicultores da ASA (Associação Setentrional de Apicultores) na tarde da última terça-feira, 23. Além da entrega, houve também a assinatura das cédulas de crédito que formalizam o financiamento.

O repasse de recursos feito pelo Governo de Roraima garantiu aos apicultores o custeio de aproximadamente 3 mil caixas-colmeia, o que gerou motivação e boas expectativas entre os produtores. É o que afirma Dércio Ferreira, vice-presidente da ASA, “o nosso intuito é possibilitar a todos os produtores associados aumentar a renda familiar, além de oferecer uma variedade de mel de boa qualidade e em quantidade para atender toda região”.

Nesta primeira remessa, foram entregues 276 caixas que, na prática, representam incremento na diversidade produtiva, uma vez que com aumento de matéria-prima também haverá aumento na produção de geleia real, própolis, cera e demais subprodutos da atividade melífera.

O secretário-chefe da Casa Civil, Flamarion Portela, representante do governador Antonio Denarium no evento, destacou que “o Governo do Estado reconhece a importância e o potencial produtivo do agronegócio no âmbito da agricultura familiar, e por isso, elabora políticas que possam atender os pequenos produtores, e hoje, em especial, o setor da apicultura foi beneficiado com o crédito da Desenvolve Roraima”.

A abertura desta linha de crédito “vem de uma determinação do governador Antonio Denarium, que, há 90 dias, autorizou o crédito de R$ 570 mil para os apicultores, como forma de valorizar o pequeno produtor, gerar renda dentro da agricultura familiar e estimular o desenvolvimento econômico de um setor com grande potencial de crescimento”, é o que explica Adailton Fernandes, presidente da Desenvolve Roraima.

O segmento da apicultura, bem como todo o setor do agronegócio, está contemplado pela política pública de desenvolvimento econômico e, por isso, também recebe a assistência técnica da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh), Instituto de Terras e Colonização do Estado de Roraima (Iteraima) e Agência de Defesa Agropecuária do Estado de Roraima (Aderr).

Para Francisco Borges, apicultor, “esse recurso chega em boa hora, já que a situação pandemia trouxe muita incerteza, e pelo menos com esse apoio vai ser possível aumentar a produção e dar continuidade às nossas atividades”.

Manaliel Pais Pereira Junior, é apicultor há um ano e meio, atualmente possui 25 colmeias em produção e acredita que o “incentivo disponibilizado pelo governo é o que vai tornar o meu apiário com capacidade de comercialização e espero que em breve a atividade da apicultura seja minha principal fonte de renda”.

Ao todo, 23 produtores da ASA serão favorecidos. Cada um deles financiará 92 caixas-colmeia para ampliação da produção. Os contemplados são agricultores familiares que estão na atividade de apicultura há, no mínimo, um ano e não possuem restrições de crédito. Segundo Borges, estima-se que dentro de um ano, “as colmeias desenvolvidas nestas caixas produzirão aproximadamente 20 toneladas de mel”.

O apicultor Josias Rufino, estima dobrar a capacidade de produção e explica que o financiamento “veio na hora certa, antes da chuva, e assim poderemos ter, na colheita da safra, pelo menos uma tonelada de mel de boa qualidade”.

O prazo de financiamento é de quatro anos, incluindo a carência de um ano. A taxa de juros é de 3% ao ano, bem abaixo daquelas praticadas no mercado.

Ler 370 vezes Última modificação em Sexta, 26 Fevereiro 2021 15:49